Um mar de palavras soltas numa onda cheia de sentido e significado.

l

por Úrsula Freitas

Postado em 13 de agosto de 2018

Parece que uma hora a gente se encontra com aquilo que era pra ser desde sempre. Ou se reencontra, talvez. 
A gente se acha e se perde a todo momento. E faz parte do processo.
Acho que tudo bem, né? É isso que faz a roda girar depois de uma emperrada.
Eu ando me questionando muito. Me respondendo também. E somando algumas dúvidas.
Na leveza ou na turbulência, a inquietude não me larga. Sempre acho que falta algo, que não cumpri todos os objetivos, as tarefas do dia..
Ou que fiz mais do que o que deveria, muito mais do que não deveria ter feito no lugar de tudo que deveria fazer.. que confusão, menina!

Talvez você possa seguir mais o fluxo, sem calcular tanto. Pode acreditar mais no que o seu coração tá sentindo. E, por favor, escute mais o seu corpo! Ele está gritando com você há tempos! Busque o equilíbrio.
Confie mais no caminho. Nos caminhos. A plenitude que você tanto almeja sempre esteve ao seu lado. É só que ela gosta de viajar às vezes, tanto quanto você.
Olhando para trás, dá para se orgulhar, não é? Caso não dê, você pode começar a se orgulhar de agora. Parabéns! Boa trilha! Bons caminhos! Boa viagem!
Que você nunca perca o dom de meditar, agradecer e/ou se conectar com o Universo com o simples ato de olhar uma flor na rua. Ou ao ouvir uma música, fazer uma refeição, se conectar com alguém. Ao estar aqui, escrevendo.
Nunca perca o Divino em você. O amor é isso também.

São Paulo, 13 de Agosto de 2018.

com amor

Base atual

Aracaju | SE

Próximas bases

Piatã | BA
Varginha | MG
São Paulo | SP

 

Contato

10 + 5 =

criado com amor, ❤ por